Um Sínodo importante antes do Aviso...( sinodo da família 2015-2016??)

Um Sínodo importante antes do Aviso...( sinodo da família 2015-2016??)

Maria de las Nieves, que foi Madre Superiora de Conchita, durante o tempo em que Conchita, uma das videntes de Garabandal, estudou no colégio de Burgos, conta-nos que Nossa Senhora disse a Conchita numa das aparições, que antes do Aviso e dos acontecimentos futuros acontecerem, ocorreria um Sínodo muito importante para a Igreja. A tia de Conchita que estava presente, disse a Conchita: 

-Será que tem a ver com o Concílio? ( Nota: isto porque no tempo das aparições, estava a ocorrer o Concílio Vaticano II). E Conchita respondeu: Nossa Senhora não me falou de Concílio, apenas me disse que se tratava de um SÍNODO. ( Naquela altura, a palavra Sínodo não era ainda usada, pois foi um dos pontos que foi implementado pós Concílio Vaticano II).

É preciso realçar que estas meninas de 11 e 12 anos, pouca instrução tinham, e na altura do Concílio Vaticano II, ainda não se falava sobre o tema dos Sínodos, que foi um dos frutos pós Concílio Vaticano II. O papa Paulo VI, foi o primeiro Papa a pôr em prática a realização dos Sínodos.

 

Será o atual Sínodo da Família o Sínodo anunciado por Nossa Senhora?

 

-Provalvemente sim, porque o tema da família , a preocupação pela família, esteve sempre muito presente durante o tempo das aparições.  A irmã Lúcia de Fátima também disse que a grande luta entre o bem e o mal de daria sobre o tema da família!

-Provavelmente sim, porque a Divina vontade de Jesus, ( na última locução de Jesus a Conchita), disse claramente que a Sua Divina Vontade era que ela ( Conchita), não se consagrasse como irmã religiosa como era seu desejo pessoal, mas que fizesse parte do mundo e que desse a conhecer o nome de Maria pelo mundo. Conchita e todas as videntes de Garabandal casaram e tiverem filhos, todas elas constituiram uma família cristã.

-Provavelmente sim, porque Nossa Senhora realçou sobre a importância da família ( homem e mulher) durante o tempo das aparições, do matrimónio como Sacramento da Igreja, sobre a obediência dos filhos aos pais, sobre os valores da família e da transmissão da fé cristã para o mundo. 

-Provavelmente sim, porque um dos temas do Concílio Vaticano II, foi a " Igreja doméstica", onde é realçada a importância do papel da família na nova evangelização.

- Provavelmente sim, porque Nossa Senhora sempre realçou a importância da maternidade.

Por isso, há que estar atento a tudo o que vai acontecer durante a realização deste próximo Sínodo da Família...Nunca nos podemos esquecer que a parte Sacramental, a Doutrina da Igreja e o direito canónico devem ser sempre preservados. Nunca podemos fazer Misericórdia, se nos esquecermos das leis de Deus e da verdadeira verdade de Cristo. Amor sim, mas sempre amor com verdade.